Geodésica- passo a passo

Algumas vezes as pessoas nos pedem fotos do processo de construção…

Bem esta postagem propõe resgatar em fotos, os passos para ver, rapidamente, a construção da geodésica. Para saber mais sugerimos ver as postagens sobre ela, buscando na categoria Oficina Geodésica

Alicerces de elevação em super-adobe

Paredes de apoio em tijolos travados

Estrutura geodésica de bambu, com vigas recíprocas, sem as parabolóides das aberturas

Geodésica com a estrutura recebendo as taliscas de bambu que serão a basa para a cobertura de barro + palha.

Recebendo o barro (CAFITICE= cal +fibras + terra + cimento)

Agora olhando de cima, nesta mesma etapa…

Terminada, com reboco na cobertura e os rufos de proteção para que as águas de chuva não caiam sobre os alicerces.

Anúncios

A base para a oficina

Ao lado da Casa da Montanha, estamos fazendo a oficina do Jorge, que é uma obra de parceria entre muitas mãos mesmo! O projeto é do Daniel Malaguti,  e serve de base para o seu doutorado ne PUC RJ, já que faremos uma geodésica de bambu, com vigas recíprocas, coberta de calfetice… Uau! Parece grego, não é? Simplificando: é uma bolha, sobre uma base quadrada. Esta bolha é feita toda de bambu, onde as varas se apoiam umas nas outras e são amarradas entre si… Para cobrir usaremos terra com palha e por cima uma camada de uma massa de terra +cal+cimento+fibras… É isso,  Jorge já terá seu lugar para criar, inventar, fazer suas experiências, bio-diesel, engenhocas mil para a produção de energia, etc…

Na foto abaixo o  super adobe sendo levantado e os sacos já com terra esperando a chuva passar para podermos socar. Conforme subia a parede também fomos acertando o interior.

IMG_5322

Continuar lendo

Super Adobe- os alicerces da oficina

No design da Casa da Montanha temos o projeto de uma oficina para o Jorge. Este espaço de 25m² já teve várias formas e várias possibilidades, como uma parabolóide, ou um king-ho, mas sempre pensamos em estruturas leves de bambu, e por não ter o compromisso de uma casa, também buscamos idéias para experimentar e ousar em técnicas como a cobertura de Calfetice.

Em julho de 2008, ao ministrarmos o PDC no Abaetetuba, RJ, conhecemos o Daniel Malaguti, designer, que no seu mestrado propõe a construção de Geodésicas de base quadradas. Temos claro que um dos papéis das geração mais velhas, pode ser o de ajudar a viabilizar projetos das gerações mais novas. Assim, a parceria com o Daniel surgiu, e o projeto nasceu. Para nós a construção de uma oficina diferente, para ele a realização de um projeto em escala real.

Na imagem abaixo  a maquete da oficina de Yvy Porã onde apareecem os usuários em escala. O projeto foi tema do mestrado e a realização da obra agora virou tema do doutorado do Daniel pela PUC- RJ.

maquete2

Continuar lendo