Janelas

Em primeiro lugar queremos nos desculpar com os leitores do blog pela longa ausência. Foram alguns pequenos problemas de saúde, já superados,  seguidos por compromissos familiares, assim, ficamos um pouco ausentes de Yvy Porã, e das postagens.  Agora voltamos à rotina mais normal, prometendo muitas mudanças para 2013, estando mais tempo na casa da montanha e com mais outros projetos que virão.

Na nossa volta à rotina retomamos, juntamente com os parceiros Zeca e Edla , alguns cuidados com a Casa Mãe. Zeca é habilidoso com as madeiras, e tomou em suas mãos a restauração das janelas trabalhadas da casa. É um trabalho delicado, que exige paciência, tirar camadas de tintas antigas, refazer algumas travessas de madeira, lixar, para depois pintar na cor escolhida e , finalmente, colocar os vidros que faltam. Na foto abaixo as janelas em 3 etapas, a cinza, antes de qualquer tratamento, a lixada, em madeira, e a azul, já arrumada, pronta para receber os vidros.

Leia mais »

Anúncios

Volta de férias: porta do banheiro, horta e fechando as paredes da oficina

Voltamos das férias, com um mês longe de Yvy Porã, as saudades  eram enormes! Saudades da nossa casa, dos projetos em andamento, do silêncio de Yvy, das cores. Assim, neste fim de semana fomos para a Casa da Montanha, com uma vontade louca de colocar a mão na massa.

Jorge seguiu fazendo a porta do banheiro, num design feito por nós, de uma porta de tábuas com 6 vidros na parte de cima.

Leia mais »

Janelas epara o inverno outros detalhes

Estamos na região sul do Brasil, um começo de serra em Santa Catarina, assim, no inverno as temperaturas caem e caem… Faz frio! Na Casa da Montanha, até agora, haviam outras prioridades, como banho quente, os problemas da geodésica, etc.

Agora, finalmente,  chegamos aos detalhes finais da casa, como rebocos finos, chaminés para o fogão a lenha, luminárias na varanda para iluminar as noites de pizza, telas e vidros para as janelas… Na foto abaixo, Suzana terminando o reboco fino da parede sul.

Para as janelas, novamente entra em ação a plaina, as serras, furadeiras, lixadeiras. Jorge segue usando a madeira comprada há 2 anos, desdobra as tábuas para fazer os marcos, que acabam sendo três:  dois para os vidros e um para a tela mosquiteiro.

Leia mais »

Os cantinhos da Casa da Montanha

De vez em quando nos surpreendemos olhando cantos e partes da casa, que casa vez tem mais “cara de casa”… Olhamos as paredes e relembramos as histórias, as muitas mãos que nos ajudaram, e damos nome á cada pedaço da casa, como “parede do Wal” ou “parede do Japa”, “forno do Tomaz” (embora o Tomaz não o tenha feito, mas sim ensinado a fazer)… caibro, alicerce, telha sempre a Flipper, etc. Bem, como um pequeno álbum de fotos, nesta postagem nos dedicamos a brindar e registrar estes pequenos detalhes da nossa casinha,  esperamos que vocês gostem. Um brinde a todos!

Leia mais »

Basculantes sobre as portas

Como sempre as férias acabam sendo o momento em que menos trabalhamos em Yvy Porã- verão, visitas de pessoas queridas, etc acabam deixando Yvy como local de visitas, e pouco trabalho! Mas entre uma visita e outra, algum trabalhinho fizemos!  Nesta postagem contamos a construção das basculantes da Casa da Montanha.

Uma das preocupações numa casa é o conforto térmico: que a moradia seja fresca no verão e quente no inverno. Para isso várias coisas devem ser consideradas como os materiais e largura das paredes, isolamento do solo, feito pelos alicerces, e isolamento do sol, feito pelo telhado.

Na Casa da Montanha isto tudo foi pensado, como os alicerces de pedra, o telhado isolado do forro por um colchão de ar, um enorme sputinik no alto do telhado… Mas ainda faltava um detalhe, que ajuda a ventilar no verão: as janelas basculantes sobre as portas.

Leia mais »

Explicando o SUMIÇO…

Pessoal… Desculpem pelo sumiço e pela falta de postagens…

Desta vez não foi curso, foi um acidente de percurso!

Tive um problema sério de coluna, por abusar da roçadeira em Yvy… Assim, ela me colocou de cama e ai ficamos sem postagens! Mas está valendo a lição, ainda que um tanto quanto dolorida… Nós, seres urbanos, quando vamos para o campo queremos fazer tudo em um único fim de semana, achando que damos conta de tudo, e que um pouco de excesso de trabalho físico não será grave…

Leia mais »

MADEIRAS: janelas e cordwood

Aos amigos que acompanham este blog pedimos desculpas pela demora em postar novidades! E não foi por falta de coisas acontecendo na Casa da Montanha, e sim por excesso de atividades nossas: fim de ano, cursos, etc.

Bem, retomamos…

Neste tempo, com as paredes, telhado, forro e até a geodésica feitos, começamos os acabamentos da casa: fechá-la tem sido nosso objetivo, para podermos ocupar o espaço. Assim, Jorge começou a dedicar-se em tempo integral a fazer as janelas- já que trabalhar com madeira é um prazer para ele. Há tempos fizemos as contas entre comprar ferramentas adequadas e o preço de aberturas, a conclusão é de que era o mesmo, ou menos, com a diferença que ficamos com as ferramentas…

Assim, como Jorge é habilidoso e já fez janelas e portas antes, optamos por comprar as ferramentas para fazê-las, ao invés de comprá-las…As madeiras escolhidas foram madeiras certificadas,  vindas de zonas que serão alagadas por hidrelétricas. E ai começamos o trabalho! E ai,  nossa casa virou uma grande marcenaria…

O processo de fazer a janela é juntar as tábuas, colocando entre elas uma “alma” de madeira, que faz com que as peças soltas façam UMA peça única. e fixadas com um Z atrás. Estas madeiras são  plainadas, lixadas e depois recebem a impregnação de óleo de linhaça cru diluído a 50% com querosene. Nesta foto percebe-se ainda os buracos onde serão colocadas cavilhas de madeira.

Leia mais »