Publicado em Contando a história, Cursos, Cursos PDC

Ano novo, novas escolhas, novos caminhos

Todos início de ano divulgamos com muita alegria, a realização do Curso de Design em Permacultura de Yvy Porã. Alegria em compartilhar saberes, alegria em abrir o espaço da vila Yvy Porã para um grupo interessado em ver e vivenciar por nove dias a permacultura. E em 2020 não será diferente, na semana da Páscoa, de 4 a 12 de abril realizaremos o nosso PDC.

O Curso de Design em Permacultura chamado de PDC tem um currículo oficial proposto por Bill Mollison, numa publicação chamada Syllabus , ele é o mesmo, dado no mundo todo, com carga horária mínima de 72 horas. Sugerimos a leitura da postagem “afinal, o que é um PDC?” no link.

Curículo do Syllabus de Bill Mollison

Curso de Design em Permacultura

  • Introdução
  • Princípio dos sistemas naturais
  • Metodologias de design
  • Padrão no Design
  • Perfil Clássico da Paisagem
  • Solos
  • Design para Catástrofes
  • Prédios e estruturas
  • Tecnologia de conservação de energia apropriadas
  • Florestas e árvores
  • A Água na Paisagem
  • A Ecologia Cultivada
  • Aquacultura e Maricultura
  • Disposição das sobras e reciclagem
  • Gerenciamento da Vida Selvagem
  • Sementes e estufas

Parte 2 – As estruturas invisíveis do Assentamento

  • Reciclagem na Comunidade
  • Economia Informal / Formal
  • Acesso à terra e Sistemas Urbanos
  • Formas Legais
  • Desenvolvimentos da Vila
  • Comércio
  • Como os “trainees” em Permacultura Operam

O PDC de Yvy segue este currículo, atualizando alguns aspectos da parte 2 (afinal, o Syllabus foi escrito em 1983)  com uma ampliação de carga horária para 82 horas aula. Adaptamos o curso à perspectiva da pedagogia de Paulo Freire, com a aprendizagem significativa para os sujeitos, partindo do contexto e da realidade de cada grupo. O curso de permacultura abrange um extenso conteúdo em um tempo restrito, e no mundo todo é um curso com muitas aulas teóricas, nosso PDC segue este pressuposto, mas consegue incluir oficinas e práticas ilustrativas ou motivadoras de dúvidas para as aulas teóricas.

Além do seu currículo, em todo curso, seja sobre o que for, é sempre bom estar atento à pelo menos três pontos que acabam criando a identidade do mesmo: os instrutores, o local, a alimentação.

OS INSTRUTORES

O PDC é um curso denso e cheio de conteúdos, e ao contrário do que se pode pensar, o número de instrutores deve ser reduzido, afinal , a proposta é que o permacultor seja um grande generalista, então os instrutores devem dar o exemplo. Manter a coerência e uma certa “linha de pensamento” é fundamental, para que não se transforme numa colcha de retalhos. Somos 3 instrutores Jorge Timmermann, Suzana Maringoni e Gardel Silveira, todos permacultores com mais 16 anos vivendo e praticando a permacultura. Jorge é o que chamamos “âncora” do curso, que assiste a todas as aulas, costurando os assuntos, e mantendo a linha do que está sendo dado. Suzana, além de vários temas teóricos, organiza as práticas e cuida da organização da cozinha, juntamente com a Dona Ilse. Gardel trabalha várias aulas teóricas e as práticas relacionadas à alguns temas.

Um breve currículo de cada um dos instrutores:

Jorge Timmermann, biólogo e ecólogo, professor por muitos anos de  silvicultura e pesquisador em ecologia em universidades na Argentina. Vive no Brasil desde 1995, formou-se permacultor com Geoff Lawton em 1998 e, a partir dai, passou a atuar com agricultores familiares, ONGs, Projetos com universidades que visavam o desenvolvimento local, e prefeituras do interior em Santa Catarina ministrando cursos PDC e acompanhando as práticas destes sujeitos. Diplomado por Bill Mollison como Permaculture Education and Designer em 2002. Fundador do Instituto de Permacultura Austro Brasileiro e presidente da Rede Brasileira de Permacultura. Fundador da Rede Permear. Em 2007 fez o curso de “Princípios avançados em permacultura” com David Holmgreen. Ministrou cursos de Permacultura por todo o Brasil de 1998 até 2015, quando passou a ministrar apenas o PDC de Yvy Porã e fazer algumas participações especiais em outros cursos. Desde 2011, juntamente com sua companheira Suzana, vem trabalhando a formação de instrutores para cursos PDC. Em 2003, com a concretização do projeto Yvy Porã, dedicou-se à construção deste espaço, tanto na parte privativa da Casa da Montanha (relatada neste blog desde 2007), como nos encaminhamentos dos novos integrantes da vila. Também atua no projeto Waikayu, em São José do Cerrito, onde estamos implementando  um manejo agrosilvopastoril para exploração de madeiras em ciclos permanentes.

Suzana Maringoni, educadora, trabalhou com ensino fundamental com crianças de 1983 a 2013, ganhando duas vezes o prêmio Professor Nota dez. Na escola Autonomia foi da equipe de coordenação e implementação das oficinas Transdisciplinares, assessorando toda a parte da relação com o ambiente, ecologia, e permacultura. Trabalhou com educação de jovens e adultos do campo no PRONERA UFSC entre 2002 e 2007, e no Instituto Josué de Castro (ITERRA – RS) com a turma de magistério entre 2006 e 2008. Formou-se permacultora com Jorge Timmermann em 2002.

Em 2007 fez o curso de “Princípios avançados em permacultura” com David Holmgreen, como fruto deste curso, escreve o livros “Lendas do Saber – permacultura e histórias para cuidar da terra e das pessoas” juntamente com os parceiros Gardel Silveira e Keila Pavani (editora Insular SC 2008). Desde 2008 vem ministrando PDCs com Jorge Timmermann.

Fundadora da Rede Permear, onde ministrou vários cursos sobre ” Ser Educador” para permacultores da rede. Em 2011 idealizou e implementou a Formação de Instrutores de PDC, que juntamente com Jorge vem ministrando a cada dois anos, apenas para permacultores com prática. Em 2003 fundou Yvy Porã e em 2007 começou o Blog Yvypora.wordpress.com compartilhando o processo de construção e implementação do projeto. Em 2013 começa o projeto da estação de Permacultura Waikayu, em São José do Cerrito, onde além do casal Jorge e Suzana, também abriga a família de uma das filhas (Lola, Fernando e o pequeno Thomy).

Gardel Silveira, fez seu PDC em Florianópolis em 2003, certificado por Jorge Timmermann. Há 16 anos pratica a permacultura no Sítio Curupira. Criou e mantém o blog www.sitiocurupira.wordpress. para divulgar as atividades do sítio e curiosidades sobre o meio ambiente.

Participou dos cursos Construção de Zona 1 (Jorge Timmermann), Princípios Avançados em Permacultura (David Holmgren), 1° Formação de Instrutores para PDC de Yvyporã (Suzana Maringoni), Curso para Professores de Permacultura (Marsha Hanzi), Agroecologia Módulo I e II (Epagri), Construção de Horta Sucessional Biodiversa (Ernest Götsch) e Agricultura Sintrópica (Rômulo Araújo).

Desde 2016 tem participado como facilitador em PDCs em Santa Catarina e na Formação de Instrutores para PDC de Yvy Porã.

Nos anos de 2018 e 2019 participou como instrutor na formação dos alunos de Protetor Ambiental nos municípios de Águas Mornas e Santo Amaro da Imperatriz, ensinando sobre permacultura e princípios de ecologia.

O LOCAL

Yvy Porã é uma estação de permacultura em São Pedro de Alcântara SC fundada em 2003 por um grupo de permacultores que tinha o projeto de viver a permacultura num projeto coletivo. O nome “ESTAÇÃO de PERMACULTURA” foi um dos traços do perfil da rede Permear de Permacultores, fundada em 2002, dizíamos que estação significava um lugar de ESTAR, para acolher pessoas, de forma permanente, ou transitória. Então Yvy Porã, que significa Terra Boa na língua guarani, é um espaço para acolher e vivenciar novas oportunidades, construindo soluções à crise usando como base a permacultura.

Hoje a vila Yvy Porã se compõe de dez famílias, com 4 casas construídas ou em processo de construção, algumas morando definitivamente na vila e vivendo a permacultura. Desde 2012, quando a reforma e ampliação da casa mãe, uma construção alemã de 1929, foi minimamente concluída, passamos a ministrar um e só um curso PDC por ano em Yvy, sempre na semana Santa. A casa mãe acolhe e abriga o grupo durante estes nove dias. É um curso para um grupo pequeno, vivendo num ambiente permacultural numa imersão intensa. A casa mãe conta com 4 quartos (3 de casal e um com 3 camas de solteiro) e um grande sótão, que é o dormitório coletivo. Para quem desejar acampar, temos o gramado e o entorno da casa mãe.

A ALIMENTAÇÃO

A alimentação durante o curso é farta e diversificada. A maioria dos alimentos é orgânico e regionais. Priorizamos as compras de fornecedores locais orgânicos, como a Dona Ilse, que fornece leite, manteiga, nata, queijo, biscoitos, galinhas e ovos. As verduras, legumes e frutas da estação são do Xisto, agricultor orgânico da vizinha Antonio Carlos, suco de uva, mel e frutas também vem do sítio Raízes, de São José do Cerrito, dos permacultores Pedro Marcos e Eluza.

Nossa cozinha respeita várias opções de alimentação, somos onívoros, mas quem opta por uma alimentação vegetariana, vai se comer bem, com uma alimentação integral, rica em vegetais. Ou seja, nossa cozinha não é vegetariana, comemos as galinhas caipiras, e bois que pastam, trazidos de fornecedores conhecidos. Os pratos compostos de carne são separados do restante. Seguindo a ética de cuidar da terra a água que usamos vem das nascentes ou das chuvas, e os efluentes são tratados e devolvidos ao sistema.

 

Autor:

Um casal de permacultores participantes de um projeto coletivo, construindo sua casa, seu espaço e a sustentabilidade..

Um comentário em “Ano novo, novas escolhas, novos caminhos

  1. Bom dia à vida!! Muito grato para mim conhecer como funciona o seu projeto. Pois ele é bem mais proximo que outros projetos, a o que eu entendo por permacultura, e digo o que eu entendo, porque eu não sou dona do saber. Gostaria muito de participar do PDC. Eu já tenho participado de um PDC com Tierra Martinez..
    Bom, agradeço sua atenção e deixo um abraço fraternal.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s