1 comentário

Waikayu- reboco externo

Paredes de prontas, hora de começarmos os rebocos. Como estamos numa região que registra 1800mm de chuva por ano, com chuvas aliadas a ventos tanto de nordeste como de sul, decidimos que o reboco externo levaria 7% de cimento.

Juliano nunca havia trabalhado com um reboco de terra, com pouco cimento, e para provar a mão, fizemos uma parede teste. Jorge e eu haváamos trabalhado no canto do quarto, fazendo um cordwood, e neste canto, começamos o teste de reboco. Um lado é orientação Norte e o outro Leste- perfeitos para mostrar os problemas de muito sol num reboco natural.

WP_20141022_015

Colar um reboco às taliscas de madeira sempre é uma questão, a dica do construtor argentino Jorge Belanko, é sempre sujar a madeira, e também pregar arames ou telas que façam uma trama sobre a madeira. Assim, nossas paredes, na parte externa, levam uma tela de pinteiro grampeadas às madeiras.

DSCN2106

Primeiro passo, grampear a tela, depois começar a rebocar. A massa que a construção convencional trabalha tem mais água, fica mais um mingau mole, fácil de manejar com a colher de pedreiro. E assim foi a primeira massa, ainda que Jorge insistisse em que deveria ter menos água.No primeiro momento ficou lindo mesmo! Nossa casa cor de chocolate!

DSCN2104

O que significa muita água quando se trabalha com terra ( argila e areira)? Significa que a argila está encharcada, e que quando perder esta água se contrairá, e rachaduras aparecerão… E foi o que aconteceu!

Entendendo que tudo é processo e aprendizagem, seguimos, Juliano colocando menos água e fazendo lindas paredes. Colocamos plástico fazendo sombra, para que as paredes secassem o mais lentamente possível.

DSCN2112

Ainda assim, com todos os cuidados, tivemos muitas trincas. A nossa terra é realmente muita argila e silt, nada de areia. Ainda que nosso traço fosse 1 de terra para 2 de areia , as trincas se fizeram presentes.

Esperamos a casa secar e secar muito bem… Ai fizemos uma natinha de terra com pouca areia fina peneirada e preenchemos cada trinca, como se fosse um rejunte de azulejos, aplicadas com uma sola de sandália Havaiana velha.

DSCN2122

A preocupação era não deixar trincas para que houvesse entrada de água e que nas geadas isso fosse um problema maior ainda…

Assim, nossa casa ficou linda, com uma decoração “craquelê”, toda particular. Se um dia nos cansarmos de tal textura é simples, basta fazer uma tinta com terra e pintar a casa!

Anúncios

Um comentário em “Waikayu- reboco externo

  1. Olá! Baah achei bem legal vocês fazerem as paredes dessa forma. Ficou bonito!! Ficou rústica e parece agradável. Os desenhos da madeira na primeira foto é o que eu mais gosto! as irregularidades da natureza são aos meus olhos mais bonitas que as linhas retas e “cleans”. Beijoss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: