1 comentário

Poda de parreiras no sítio Raízes

No final do inverno é hora de podar frutíferas, como já foi publicado aqui no blog. Temos a honra de compartilhar a vida e aprender com outros permacultores, e quem nos segue dando aulas sobre parreiras, entre tantas outras coisas é o Pedro Marcos, permacultor de São José do Cerrito, na serra catarinense. Assim, a postagem de hoje é uma aula detalhada sobre poda de parreiras.

DSCN0058

Parreiras necessitam de podas todos os anos, já que as frutas crescem nos ramos do ano. A forma da parreira é dada por esta poda. Depois de frutificar, no outono a planta perde todas as folhas e fica parecendo uma cabeleira de galhos.

Pode-se estruturar o parreiral em espaldeiras, como mostramos nas postagens de Yvy Porã, isto é, nesta estrutura as plantas formam uma estrutura vertical, como um candelabro.

DSCN2245

No parreiral do Pedro e Elusa, no sítio Raízes, as parreiras são latadas, isto é, a estrutura é horizontal, quer dizer, as plantas crescem e formam como um telhado afastado do chão.

Podar não é uma ciência exata, é mais intuitiva e prática, de observar e ir associando forma x função, assim, a cada tanto, é preciso uma poda mais radical, para corrigir erros de anos anteriores. assim foi a poda deste ano! Vamos à aula!

Em primeiro lugar: ferramentas adequadas e afiadas! Tesouras, serrotinho de poda afiados e luvas para prevenir bolhas e calos, pois podar 325 plantas na lua correta, não é brincadeira ( e uma mão machucada compromete o trabalho e a produção de um ano todo)!

DSCN6365

Ao nos aproximarmos de cada planta, Pedro brinca que é sempre um diálogo e um desafio de ver o que a planta está mostrando, olhar a planta e ver quais são os galhos saudáveis que serão os galhos mestres.  Estes galhos podem ter no máximo 80cm do tronco central. Dele sairão os galhos frutíferos do ano.

DSCN6366

Assim começa a poda, vai-se reduzindo os galhos que obviamente estão fora de lugar, limpando a paisagem, para ver melhor a planta. O objetivo final é ficar basicamente um “T” ou um “Y”.

pedro

Para quem acompanha tal trabalho pela primeira vez, parece bastante radical, pois vai-se cortando, cortando  e limpando a planta! Mas olhe bem, esta cabeleira de galhos que aparece na foto acima tem muitas gemas. De cada uma delas sairiam novos galhos, imaginem a rede confusa de galhos, e quanta energia esta planta gastaria para levar seiva a todos…

Como diz o velho mestre italiano “queres lenha ou uvas?”. Para ter frutos é preciso podar.

DSCN6371

Assim a planta vai crescer e frutificar com força na primavera/verão. De cada galho mestre sairão vários galhos, e em cada um destes muitas frutas.

DSCN6374

Cada planta vai tendo sua forma, e ainda que pareça radical, a sensação é de que a poda traz vida e força à vinha.

DSCN6364

E que venha a primavera com seu verde e depois o verão, com o cheiro de uva e os deliciosos mutirões para fazer suco de uva!

Anúncios

Um comentário em “Poda de parreiras no sítio Raízes

  1. legal hoje consegui aprender a fazer a poda , demais grato pelo aprendizado muito bom compartilhar experiencias tudo de bom pessoal,,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: