O solo construído com os caminhos da horta

A permacultura propõe que cada elemento cumpra pelo menos 3 funções, assim,  cada coisa é planejada, pensando nas suas utilidades e possibilidades de conexões  no sistema. Quando fazemos um canteiro instantâneo cavamos os caminhos e ali colocamos serragem. As três funções da serragem no canteiro são: deixar a umidade nos caminhos, para ser absorvida pelo canteiro, ter os pés limpos, pisando no macio e criar solos, já que a serragem se decompõe com o tempo e se transforma em solo.

Na postagem de hoje, vamos mostrar a remoção desta serragem dos caminhos, que depois de um bom tempo, se transforma em solo e volta para o canteiro.

DSCN1640

A horta da zona 1 da Casa da Montanha é restaurada e reestruturada a cada verão, mas nunca havíamos removido a serragem dos caminhos.

DSCN1652

Assim, ainda que por cima tivesse a aparência bem de serragem, por baixo já podíamos vislumbrar um belo solo.

DSCN1642

Como a horta precisava de terra, resolvemos usar este “estoque” de solo produzido ali mesmo, juntamente com o resto de composto que tínhamos do PDC da Páscoa. Jorge começou a cavar, e logo apareceram minhocas e um belo material para o canteiro.

DSCN1647

Camada por camada,  alimentamos nosso canteiro. Para finalizar, palhada sobre o canteiro, que receberá mudas logo em seguida e,  novamente, serragem nos caminhos! Afinal, um permacultor alimenta os solos e sistematiza as águas!

DSCN1655

Anúncios

4 comentários sobre “O solo construído com os caminhos da horta

  1. Parabéns por divulgar tão bem os benefícios da perna cultura.
    Quero dizer lhes que eu e meus pais vivíamos de horta e a mais de 40 anos fazíamos o mesmo com a serragem e com palha de arroz. Consciente ou inconscientemente. Dava muito certo pois o piseiro dos corredores era grande.

  2. Olá amigos,aproveito para falar da experiência que se encontra em andamento aqui no sítio. Baseado nesse sistema, resolvi fazer algo seguindo essa lógica, como tenho um bananal e semanalmente faço uma colheita, logo tenho um material abundante que são folhas e “caule”. Primeiramente cobri os caminho com folhas sobrepostas, mas muito rapidamente ela “sumia”. Por segundo pegava o “caule” e desfibrava e fazia uma sobre posição com estas melhorou, mas ainda não era o ideal. Atualmente adotei a prática de pegar o “caule” inteiro disponho, um ao lado do outro, ocupando toda a área dos caminhos. Em seguida com um Malho, comprimo-os como quem pila um superadobe , como o “caule” da bananeira e cônico, se faz necessário a disposição deste, de ,maneira a alternar a relação base/ponta, para que haja um encaixe, mantendo um nível relativamente uniforme. Outra dica é, não preencher toda a área do caminho com o material, haja vista a dilatação que este ira sofre quando do apiloamento. Ao final disso, temos uma superfície uniforme que cumpre todas funções acimas citadas perfeita para trafegar com o carro de mão, sem falar do aporte de nutrientes, pelo fato do “caule” ser usado fresco. Ha alguns dias tive que remover uma parte, pois iria passar uma tubulação e o que vi, foi intensa atividade biológica abaixo do material, minhocas, insetos e outros.
    Achei que tinha o compromisso de compartir, pois foi os “caminhos” de vocês me inspirou.
    No mais, um grande abraço n o querido casal e até a próxima.

    Paulo,Luciana,Clarissa e Jasmin

    Sigamos os bons “caminhos”

  3. Caro Jorge, quando os conheci, ter uma terrinha era meu sonho. Pela graça Divina adquiri 4000 metros de terra na encosta de uma montanha em Minas Gerais. Amo muito a natureza e sinto uma grande sintonia com ela e da mesma forma minha companheira. Agora não vejo a hora de me aposentar prá ir cuidar e testar seus ensinamentos lá. Obrigado à todos pelo carinho. Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s