7 Comentários

Bambus

Última lua minguante de fim de inverno, hora de colher bambus, podar e adubar parreiras frutíferas. Como a poda dos bambus da espécie dendrocálamus é uma tarefa pesada e sempre temos outros permacultores pedindo para fazer práticas, etc, chamamos os amigos e fizemos mais uma celebração.  São Pedro resolveu pregar uma peça e no Sábado choveram 44mm, muita água, o que nos fez transferir a pizzada lá para a casa Mãe de tão molhado que estava tudo! Mas era só uma peça, e no Domingo, amanheceu sem chuva, quase com sol, o que permitiu o trabalho completo!

semtheo

Separamos em três equipes, uma turma foi para as parreiras e pomares, incluindo os pequenos permacultores, Martina, Zezinho e Ignácio e outras duas, com duas motosserras, encarou o mato e o trabalho pesado da colheita dos bambus e manejo das parreiras.

DSCN1683

O bambu cresce de dentro para fora, por isso é importante ir limpando cada touceira e deixando cada uma com apenas uns 9 a 10 colmos, de forma que eles não se enrosquem. Na foto acima as equipes chegando a uma das touceiras.

 

DSCN1669

Os colmos cortados são enormes   tem entre 3 e 7 anos, assim, estão bem maduros e com menos açúcares, o que diminui a probabilidade de atrair cupins e brocas. DSCN1681

Os meninos, Arthur, Fabio, José Guilherme, Marcos e Jorge, trabalhando em duas equipes fizeram o corte de galhos e colmos tortos, e colheram as varas do ano.

DSCN1678

Agora este bambu irá secar a sombra, e daqui a umas semanas, serão dividas em partes, cada uma com 4m de comprimento mais ou menos. As mais fortes, que são as da parte de baixo servem para colunas e estruturas mais fortes, as do meio podem ser usadas como caibros, e as das pontas são apenas para artesanato , pois tem as paredes bem mais finas.

No foto abaixo, aquela touceira da primeira foto, depois do manejo.

DSCN1715

Aos amigos e parceiros de mais esta empreitada,  outra vez um super obrigado!

 

 

 

 

 

Anúncios

7 comentários em “Bambus

  1. Lindo , estou indo para uma convencao Las Vegas apos isso gostaria de passar ai para conhece-lo, se necessitaren tenho rocadeira, motoserra e solda mig

    Date: Sun, 24 Aug 2014 15:49:34 +0000 To: amelofpolis@hotmail.com

    • Olá, Amilton. Dizemos que a visita a Yvy começa pela navegação no site, e depois com as pessoas se conhecendo. Nos mande, por favor, um mail contando quem tu és, o que fazes, etc, para que a gente também te conheça um pouco mais. Um abraço.

  2. Olá irmão mais véio, reverência. Estou aqui no bioma cerrado pantanal lutando para aprender desenvolvimento sustentável orgânico. Depois de alguns anos lutando estou prestes a entrar em 5 ha de terra. Primeira providência é preparar meu abrigo, que será de bioconstrução. Poderia esclarecer-me algumas dúvidas com relação ao corte e tratamento de bambu? Namastê Haux Marcos Terra

    Date: Sun, 24 Aug 2014 15:49:41 +0000 To: marco_strada@hotmail.com

  3. Bom dia Suzana e Jorge,

    Somos uma família na caminhada para uma vida digna e sustentável…., gostaríamos de conhecer Yvyporã, fazer um curso… enfim conhecer e reconhecer nossa tribo. Eu me chamo Ana Rita, companheira do Iberê, nossa filhotas Vida (7 anos) Pétala (4 anos). Moramos em Florianópolis – Rio Vermelho. Precisamos agendar, como funciona?

    Grande abraço,

    Ana Rita 48- 3338.4417 / 9636.9900 (tim)

    • Ola, Ana Rita e Cia pelo contato, que bom saber de mais e mais famílias buscando a sustentabilidade! Yvy Porã oferece apenas um curso de permacultura PDC, de 80 horas, por ano, sempre na semana Santa. Este curso em geral lota pelo menos um mês antes da data. Assim, sugerimos que acompanhes a agenda de cursos no blog, pois ali divulgamos quando se abrem as inscrições. Um abraço.

  4. Bambu!

    Interessante o assunto e uso ,quanto ao teores de açúcar.Aqui onde estamos,,Timbó,
    os mais velhos falam do uso desse,quanto a período de colheita, nos meses que não tem BRO(dezembro,novembro,outubro,etc.)entendíamos que essa forma de procedimento devia-se ao fato de ser uma época mais próximo do inverno,e agora junto mais duas peça do quebra-cabeça,entre tantas,
    Parabéns por dividir o conhecimento,só assim ela se multiplica.É um paradoxo!. Entendemos que o compartilhamento,desinteressado,é uma das forma de propagar EROS( o amor na sua forma mais sublime)e faz com esse cresça,estendendo-se além da árvore do egoísmo preposto e vivenciado, sobretudo nas urbes

    SSS

    Teixeira

    Post Scriptum
    Vamos por em prática a coifa do chaminé “sputinik .Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: