3 Comentários

Revitalização de um espaço perdido: Garagem – parte 3

A parte final da nossa revitalização do espaço com a construção da garagem, foi a colocação das telhas. A impressão é de que a parte difícil já havia passado, mas foi somente quando colocamos as telhas, e a carga aumentou, que os problemas maiores apareceram.

Ou seja, no processo da colocação das telhas aumenta a carga que deve suportar a estrutura. E não é só o peso dos materiais, também se deve considerar o aumento de peso da água absorvida nas telhas nos dias de chuva, esforços com vento, etc. Para isto se calcula na estrutura um “a mais” de esforços como “sobrecarga”.
Assim, no momento de colocar as telhas foram feitos reforços, nos extremos de algumas peças de bambu que tinham paredes muito finas (menores de 3 cm.). Foram encaixadas peças de madeira, duas ou quatro em forma de cunha e em todo o comprimento do entre nó, transformando o oco da peça de bambu  em um maciço. Também foi colocada uma abraçadeira para evitar o estouro. Agora esses extremos suportam sem problema a compressão a que são submetidos.

12-dReforçoTarugo

Antes de colocarmos as telhas, vem a colocação das ripas. Optamos por usar torniquetes, sobre todo nos extremos. Assim, as peças de madeira foram presas aos bambus em alguns pontos com pregos, em outros com torniquetes. Em vários pontos o acerto do nível das ripas precisou de toquinhos ou cunhas, para que ficasse um telhado plano.

13-DetalheAmarração

Usando um gabarito de madeira, Tomaz, que fez o II PDC de Yvy Porã em 2013, juntamente com sua namorada e seu pai, Cícero, amigo de longa data, seguimos, pacientemente, colocando as telhas!Ai é apenas a sequência de colocar as ripas, nivelar e alocar as telhas.

ColocandoComposto

Entre muitas risadas e conversas, vamos trabalhando… Quem precisa de academia, não é, Martinha e Tomaz?

Eles

Na foto abaixo Cícero, Tomaz, Martinha e Jorge com uma boa parte da garagem coberta! Com bons amigos as obras em Yvy sempre são divertidas!

19-Todos-p

Finalmente, depois de mais uns dias, Jorge e Suzana terminaram a garagem, na foto abaixo já ocupada com caixas, madeiras e… o carro!

20-Final

Anúncios

3 comentários em “Revitalização de um espaço perdido: Garagem – parte 3

  1. Olá Jorge e Suzana, parabéns pelo lindo trabalho. Acompanho sempre vocês aqui de Dourados.
    Tenho uma pergunta. Há pouco fiz também uma garagem em casa com duas águas, telhas de barro, em medeira e após colocar as telhas, notei um movimento para frente e para trás nos pontaletes das tesouras. Foi necessário travá-los, ligando a base deles à viga da cumieira, como vocês falam; …?… a estrutura, fechando um triângulo Vocês notaram movimento parecido?
    Fiquei imaginando o meu telhado caindo para frente ou para trás, com os esteios e vigas utilizadas como base das tesouras bem firmes e fixos.
    Obrigado.

  2. Boa noite , foi muito importante esta poetagem de vcs , pois quero fazer uma cobertura com bambu e telhas ecologicas para minhas maquinas de marcinaria que ja nao cabem na garagem entao vou aproveitar e fazer com bambu e os pilares ja tenho varas de eucalipito, restos de uma construcao

    Date: Mon, 17 Feb 2014 17:47:10 +0000 To: amelofpolis@hotmail.com

  3. PARABENS!! Adimiro muito o trabalho de vocês e gostei muito de conhece-los no congresso de agroecologia em porto alegre! Sucesso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: