2 Comentários

Mais uma tarefa de inverno: manejo dos bambus!

Quando se vive no campo, os ciclos se fazem presentes, seja pelas sensações de frio e calor de cada estação do ano, seja pelas tarefas que cada época traz! Nos meses de calor a grama cresce rapidamente, as plantas explodem em vida, ou seja, época em que as roçadas nos demandam tempo… No inverno as gramíneas quase não crescem, ai é hora dos manejos, das podas e da colheita de bambu.

DSCN0166

Nossa postagem de 2012 sobre o manejo dos bambus explicamos vários aspectos relevantes deste trabalho. Neste ano, acabamos fazendo uma pequena colheita dos bambus, na última minguante possível, quase entrando em setembro, para isto tivemos a visita e parceria dos permacultores Tânea e Vitor, amigos de longa data.

DSCN0168

Com motoserra nas mãos, fomos à colheita, manejando apenas 5 das 19 touceiras- o que não é um problema, pois em vez de colher colmos de 3 anos, no ano que vem, colheremos alguns de 4 anos, já que um bambu maduro é aquele entre 3 e 6 anos.

DSCN0170

Ir dando a forma à touceira, de forma que cresça saudável, com varas retas, e uma planta onde se possa “entrar” e manejar bem as futuras colheitas. Para isso, vamos  tirando colmos que atrapalhem, deixando cada touceira com algo perto de 12 varas é uma boa medida.

DSCN0178

Ás vezes o colmo “morde” e prende a motosserra, ai é o trabalho em conjunto: uns empurram, outros puxam, até liberar a lâmina…

DSCN0195

O corte se faz bem na base, no nó mais próximo ao chão, sem deixar gomos abertos, pois ali entraria água e afetaria as raízes da planta. Como já dissemos na postagens anteriores, a vara madura é aquela em que os líquens e musgos mancham a madeira. Bambu brilhante, lisinho, monocromático, é bambu novo, cheio de açúcar, e que os bichos adoram!

DSCN0183

Vitor pega uns galhos para fazer mudas e plantar no sítio da sua família.

DSCN0191

De preferência as varas deveriam secar à sombra, na própria touceira. Porém estamos falando de peças que pesam mais de 100kg, assim, é meio que elas fiquem “onde quiserem”.  O cuidado é de olhar para onde vai cair o bambu, pois ele pode mudar o rumo, voltar, e se cair em cima de alguém, certamente é um acidente que ninguém quer!

DSCN0200

Depois de secos, cortam-se os galhos, deixando a peça limpa.

DSCN0246

Como estes colmos tem destino definido, que é o nosso projeto de uma garagem, Jorge precisa peças de 5 e 6metros de comprimento, assim, vamos cortar os colmos nestas dimensões.

DSCN0249

Anúncios

2 comentários em “Mais uma tarefa de inverno: manejo dos bambus!

  1. Muito, foi interessante.

  2. Descobri as postagens de vcs esta semana, através de um filhinho para a TV de cinco minutos, mas diz tudo. Agora o Manejo do Bambu, também com didática concisa e de primeira. Parabéns e obrigada pelo compartilhar.
    Márcia Tavares de Lim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: