Podando as frutíferas

Fim de inverno, lua minguante, época de preparar a primavera que se aproxima com a poda das frutíferas, já que a seiva das plantas está na raiz, com diriam os antigos… Todos os membros de Yvy Porã juntos, convidamos Pedro Marcos, Eluza e Elena, permacultores parceiros do sítio Raízes, para um fim de semana de trabalho. Mas São Pedro resolveu que o fim de semana não teria sol, e no sábado o grupo dedicou-se ao convívio, conversas, jogar, aquelas coisas que amigos fazem em um dia de chuva. O domingo amanheceu cinza, mas pelo menos sem chuva, e, ainda que com duas baixas, lá fomos nós para nossa aula de campo!

DSCN0053

Por que podar? Como podar? A poda é uma maneira de interagir com a planta, para que ela produza mais. Como nos ensinou Pedro, olhe a planta e veja o que ela te diz!  As podas são distintas em cada espécie, num caqui, por exemplo, ela pode ser provocativa, fazendo com que a planta frutifique, na uva, sem poda, terás lenha, perda de energia e poucos frutos, nas ameixas e pêssegos a planta em forma de taça permite a entrada de sol e mais frutos, nos cítricos, a poda é de limpeza de galhos secos ou que cheguem ao chão, acerolas, abacates não necessitam de podas…

Nesta postagem mostraremos as podas que fizemos em Yvy na saída do inverno de 2013, em cada espécie frutífera. Mãos à obra!

Ponto de partida: ferramentas afiadas e boas- tesouras e serrotes de poda, e a regra de ouro: as podas sempre se fazem com cortes em 45º.

DSCN0054

Uvas

Temos um pequeno parreiral, com umas 30 vinhas  e que nos 2 últimos anos, não receberam qualquer cuidado, a não ser uma roçada no pasto. Assim, estas plantas literalmente “se viraram” .

DSCN0058

Pedro e Eluza tem grande experiência com uvas,e a aula foi completa! Primeiro passo, há um ditado que diz que a uva, quanto mais se corta, mais ela te entrega. Nosso parreiral tem orientação norte-sul, e são espaldeiras, a fim de receber sol todos o dia, e ventilação, para prevenir fungos, já que estamos numa região extremamente úmida, assim, as podas buscam deixar os galhos na forma de um candelabro..

DSCN0093

Segundo passo, olhar e ler o que a planta te diz, identificar qual o galho primário, o principal. Ele deve chegar ao arame de cima, mas não passar dele. O corte deste galho faz com que a seiva se distribua para os outros ramos e que a planta frutifique. Lembre-se de que as frutas, geralmente, produzem no galho do ano, assim, a condução é para que neste galho chegue a maior quantidade de seiva.

DSCN0096

Depois é ira dando a forma à espaldeira, lembrando que de cada gema sairá o galho do ano, que frutificará. Uma dica útil é tirar os galhos com alguma folha precoce, pois elas nos dão grande peninha na hora do corte.

Como haviam muitos galhos, as escolhas sobre quais deviam ficar, foram a saúde do mesmo e sua orientação para o crescimento “nos arames”. Cuidado com as gemas, que são a promessa do novo galho, a poda é perto delas, mas sem danificar as mesmas.  No corte devem ser preservando umas 3 gemas por galho.

DSCN0095

No fim da poda, parece apenas um tronco com galhinhos finos de lado a lado.

DSCN0106

Para evitar que pelos galhos podados entrem fungos, demos um banho de calda sulfo-cálcica (enxofre e cal), numa diluição de 1:20, borrifadas em toda a planta. Este banho também ajuda , neste momento, a combater os fungos.

DSCN0118

Agora é colocar uns 5kg de adubo em cada pé, longe do caule da planta! Na foto abaixo, Jorge mostra uma vinha, já adubada, com a palhada nos pés.

SAM_0415E que venha a primavera! Quem sabe, neste verão teremos algumas uvas em Yvy Porã…

Ameixas

DSCN0127

Ameixas (amarelas e vermelhas) gostam de sol no meio da planta, por isso  a poda é fazendo um cálice. Aqui o galho central é cortado, os outros 3 são conduzidos para se abrirem.

DSCN0134

Um deles é amarrado a uma estaca com um barbante (que em um ano se decompõe), e os outros dois, recebem um galhinho afastando um do outro.

Pêssegos

Muito parecidos com a ameixa, mas podem ter mais galhos, apenas tire os brotos que vem bem rente ao solo, pois podem ser o que se chama de chupão do cavalo, e não o pêssego que você pretende comer!

DSCN0150

Também vamos tirando os galhos que iriam crescer “embaralhando” demais o meio da planta. Lembre-se, nestas plantas de caroço, a entrada de sol no meio da planta é o que favorece a frutificação.

Bergamotas

Nossas bergamotas tiveram um problema de saúde, um cancro, que seca totalmente alguns galhos.

DSCN0122

Assim, nossa poda nestas plantas que são bastante rústicas, foram podas de saúde, retirando estes galhos, e de certa forma, favorecendo a entrada de luz.

Este trabalho exigiu cuidado, pois os espinhos não são poucos. Tesoura e serrote, corta, afasta, puxa…

DSCN0117

No fim , esta planta ficou assim e nos pontos dos cancros também recebeu um borrifo de calda sulfo-cálcica.

DSCN0125

Limões

Temos um belo limoeiro bem na frente da nossa varanda.  Na primavera passada  ele soltou um alto e enorme galho, que foi cortado, para que a planta seguisse na forma mais arredondada. Bem, desta poda ele soltou outros 3 galhos para cima. O que fazer? Limões no alto são difíceis de colher…

DSCN0153

Pedro nos sugeriu uma poda apenas nas pontas, induzindo a planta a abrir a copa, em vez de crescer para cima.

Assim fizemos, um dos galhos foi retirado inteiro.

DSCN0157

Os outros dois, que já mostravam esta vontade de abrir a copada, retiramos apenas as pontas.

DSCN0160

Cítricos não gostam de galhos roçando no chão, pois por eles vem muita umidade, que podem gerar fungos, etc. assim, também limpamos estes galhinhos.

Caquis

Temos na nossa zona 1,  um caqui Fuyu, que já tem uns 6 anos, e não frutificou ainda. Pedro nos sugeriu uma poda provocativa, pois ele teve a mesma situação, e com uma pequena poda na ponta dos galhos mais altos, a planta reagiu e começou a dar frutos.

DSCN0151

Assim foi, um ou dois cortes, nos galhos que iam para cima, e levando a planta a abrir a copa. Quem sabe…

DSCN0152

Pêras

Nossa pêra d’água tem 3 anos, e está bem bonita. Nela a poda foi apenas com o critério de tirar galhos “tortos”, aqueles que fazem um emaranhado no meio da planta.

DSCN0141

Pitangas, nêsperas, guabirobas, ameixas nativas, araçás, lichias, acerolas, etc.

Estas são plantas nativas, bastante rústicas, e que os cuidados são apenas a adubação, insolação adequada, e proteção dos ventos. Mas, se desejar, pode-se fazer podas, “desembaralhando” os galhos.

Agora é esperar a primavera, que se anuncia, com o zumbido das abelhas nas floradas das vassouras nativas e as flores do Ipê amarelo!

Anúncios

8 comentários sobre “Podando as frutíferas

  1. Suzana e Jorge. Bom dia!
    Tive a imensa satisfação de trocar email com vocês e participar de uma lista de discussão acerca de permacultura a alguns anos atrás. Sempre acesso o blog de yvyporã para olhar as novidades.Os aplaudo de pé pelo trabalho com a natureza.Quiçá, todas as pessoas do mundo pudessem copiar o exemplo de vocês, permacultores que admiro muito.De coração.
    Desenvolvo uma estação permacultural no interior do Estado de Goiás: o “Complexo Ecológico Estância dos Portais”
    Gratidão pelos ensinamentos.
    Della

  2. Prezados e prezadas permacultores neste ano ainda haver curso de PDC? Temos interesse em participar,aprender, pois achamos a idia simples e de volta a me terra aquem tudo devemos. Lidia e Mario Massaglia malim@ig.com.br

  3. Boa noite,

    Encontrei ontem o blog de vocês, fiquei muito feliz com todo o conhecimento que encontrei aqui, compreendi que é a permacultura o que eu quero para minha vida, só não sabia o nome.
    Estou plantando um pequeno pomar na nossa chácara perto de casa, ainda vai demorar para torna-lo produtivo mas a semente está lançada, mesmo tendo muitas dúvidas de como maneja-lo da melhor maneira. Por isso este post foi particularmente muito instrutivo para mim, agradeço muito!
    Queria tirar algumas dúvidas a respeito de permacultura com quem realmente prática.

    • arcelo
      Obrigada pelo comentário! a ideia do blog é realmente compartilhar o FAZER e viver A permacultura. se pudermos ajudá-lo, que bom!

  4. Olá, me mudei para uma chácara na cidade de São Roque a 1 ano, e ela tem várias árvores frutíferas (abacate, nêsperas, limão, laranja, amoras goiaba, pitanga), porém ficaram mais de 15 anos sem o menor cuidado, crescendo a esmo. Das sementes que caiam no solo, e das que os pássaros levam, nasceram mais e mais pés da mesma árvore, e elas parecem tomadas por fungos.Eu e meu marido não fazemos ideia de por onde começar a cuidar.Esperamos esse tempo para saber o que frutifica e o que não, descobri que praticamente todas frutificam, mas nem todos os frutos estão bons para o consumo. Não entendemos nada de poda, e creio que algumas nunca foram podadas. Será que podemos trocar fotos das árvores por e-mails, para que vcs vejam e nos ajudem dizendo o que é o melhor a se fazer? Ou indicar alguém que possa nos dar uma luz? Casal da cidade que vai morar no campo, só podia dar nisso, muitas dúvidas que se multiplicam a cada dia!!

    • Oi, Andrea, a poda parece mesmo um mistério, mas lembre-se, uma árvore pode ser podada em até 70% das suas folhas, e ainda sobrevive. Leia, estude ( na internet tem muitos artigos e filmes também sobre como podar), experimente, sempre com três critérios: deixar o sol entrar, a árvore vai frutificar nos galhos nascidos no ano e moldar a árvore para facilitar a colheita. Sobre os frutos bons para consumo, veja, os frutos de prateleira de super mercado não são parâmetro, pois são cheios de agrotóxicos. Adube suas plantas na linha da copa, pois é ali que estão as raízes que pegam mais nutrientes de cada uma, com esterco curtido (de ave, de gado, de ovelha, o que conseguir). Esperamos que seu pomar fique cada dia mais lindo! Um abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s