3 Comentários

Brincando com a energia

Aproveitando os HD velhos, jogados como lixo tecnológico, podemos fazer uma série de engenhocas que podem fazer a diferença. Por um lado reciclamos materiais, por outro, nos beneficiamos, obtendo materiais de uma tecnologia de ponta, como os imãs, estes supermãs de neodímio, que serão usados para armar pequenos geradores elétricos, além de outra série de peças, que podem ser bem usadas…

Na postagem de hoje, usando peças de HD mostramos a construção de um motor de combustão externa o “motor Stirling”. Foi um frade, de nome Stirling, quem descreveu este tipo de motor que poderíamos chamar de ciclo Stirling. O grande diferencial dele é que não troca gases com o exterior, ele aproveita e usa a força da dilatação e contração sucessiva do ar que se encontra no seu interior. O ar é aquecido desde o exterior, por isto se diz que é de combustão externa.

Mas, vamos por partes, primeiro vamos abrir um HD e separar os seus componentes.

10-HDdesmontado

A permacultura é a arte de reinventar, observar, fazer conecções. Ao olhar estas peças, podemos imaginar outras funções para as mesmas. No nosso pequeno motor, os discos viram volante, as agulhas de leitura são as bielas e o motor do HD será o virabrequim com um excelente par de rolemãns. A caixa, por sua parte, vira o corpo do motor.

Com um pouco de pedra esmeril e uma furadeira vai-se dando forma às peças.

20-PecasVielas

Juntando os novos elementos construídos aparece a primeira versão do corpo do motor, o virabrequim, as bielas e o volante.

30-ComposicaoVirabrequim

Logo, moldando um soquete de lâmpada elétrica e um cano de gás construímos o cabeçote de transferência do ar; logo, foram montados os pistões (feitos com seringas de vidro).

35-PistõesCabeçotes

Agora vemos o conjunto do motor montado, versão 1.0, e o fogo fazendo o seu serviço. Mas, como ele funciona? O ciclo Stirling consiste no deslocamento do ar (que esta no sistema, dentro e entre os pistões) de um setor quente em que acontece a dilatação (onde esta a chama) para um setor frio onde o ar se contrai, por condução do calor para o exterior, atravez das paredes do cabeçote de transferência do ar .

40-ComposicaoEmMarcha

Qual a vantagem deste motor?

É um motor de baixa potência, porém ele é o motor que cumpre com mais eficiência o ciclo de Carnot (que é o máximo rendimento teórico para um motor); quer dizer que ele é muito eficiente na conversão da energia do calor em energia mecânica. Como ele não tem escapamento de gases, também é menos poluente.

Por que é uma experiência importante?

No contexto de nossos empreendimentos ecológicos existe a necessidade de aprimorar o gasto de energia, a dependência energética; para este tema existem dois encaminhamentos:

  1. melhorar a eficiência da combustão de combustíveis sólidos, líquidos e gasosos.
  2. Aproveitar os excedentes de calor das diferentes fontes de calor como os fogões de lenha, aquecedores de água, e inclusive o calor solar.

Este motor pode aproveitar os excedentes de calor destas fontes e gerar trabalho mecânico passível de se transformar, por exemplo, em energia elétrica.

Anúncios

3 comentários em “Brincando com a energia

  1. Funcionou? Que legal. Seguindo os ensinamentos … estou construindo um brinquedo infantil com um motor de CD ROOM. Depois te mostro umas fotos.

  2. Olá, MUITO interessante essa publicação ! Assim que a li já comecei a caçar HDs velhos, já tenho 3. Gostaria de saber se maiores detalhes da desmontagem/montagem sera que podem me indicar algum material ?

    Grato pela atenção e parabéns pela iniciativa !

    Tiago de Oliveira

  3. Mas o jorge é um génio da permacultura!
    Parabéns e grande abraço.
    Nane

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: