Permacultores agindo por ai

Sempre é muito bom saber dos amigos permacultores que seguem agindo nos seus cotidianos, fazendo a diferença. São muitos e muitos, mas hoje resolvemos publicar os trabalhos de dois deles em especial, como forma de homenagear a todos que caminham tentando fazer o seu melhor e atuar nas comunidades onde vivem. A postagem coloca à disposição os links de publicações destes trabalhos, na revista Visão, edição 75 e do blog do SESC.

O primeiro deles é a família de permacultores Pedro Marcos Ortiz e Eluza Wiggers Ortiz, do sítio Raízes em São José do Cerrito, planalto serrano de Santa Catarina. Este casal de permacultores foi entrevistado pela revista Visão, uma publicação do estado de SC.

O outro permacultor é o Marquinhos, ou Marcos José de Abreu, formado permacultor pelo IPAB, com o Jorge, em 2001, atuando hoje no Cepagro e na Rede Ecovida de Florianópolis, permacultor formado eplo IPAB, que segue fazendo um belo trabalho, seja na Rede Ecovida, no Cepagro.  Ele vem, junto a perceiros como o Bagé,  desenvolvendo trabalhos de compostagem e de hortas escolares  em várias comunidades de Florianópolis. Nos links seguem as publicações que ilustram um tantinho dos trabalhos de que ele está ajudando a implementar no SESC Cacupé.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s