Estrutura da oficina- contraventando os pilares

Muitas vezes recebemos consultas sobre construções. Sempre esclarecemos que somos permacultores, com experiência prática em construções. Não somos nem engenheiros, nem arquitetos e reforçamos que para a segurança de quem vai se colocar sob um teto, é importante ter alguém que possa ajudar, orientar dar segurança ao que se vai fazer. Bem, em muitas destas consultas vemos imagens de estruturas que pecam por uma coisa simples, que se chama CONTRAVENTAR uma estrutura.

Isto já foi dito em postagens anteriores, na mais recente delas, a da nova oficina, mas resolvemos que seria importante explicitar e usar estratégias didáticas para explicar este aspecto simples e fundamental das estruturas.

Ao fazer uma estrutura, sempre o que vemos são os pilares, piso e telhado. Isto forma um quadrilátero. Usando a estrutura da nova oficina vamos ilustrando esta explicação. Na foto abaixo a estrutura e a parede da frente, pilares colocados formando o tal quadrilátero.

Acontece que quadriláteros são formas que podem ser deformadas. Para ver isto vamos fazer uma atividade didática. Pegue um canudinho de refrigerante e corte 4 pedaços iguais. Passe por dentro deles um barbante e amarre firmemente, fechando um polígono.

Agora experimente mover, deformar esta figura, perceba que ela se transformará em um paralelogramo.

Agora experimente fazer o mesmo só que com 3 pedaços de qualquer tamanho, formando um triângulo. Perceba que ao amarrar o triângulo, ele forma uma peça rígida. Ou seja, para cria-se uma figura indeformável. Este é o ponto: temos que buscar e criar triângulos, tanto com os canudinhos, como na construção para que ela seja estável.

Ainda usando os canudos, vamos colocar uma diagonal no nosso quadrado. Isto forma não apenas um, mas dois triângulos, o que faz com que esta forma fique firme, rígida. Esta ação é que se chama CONTRAVENTAR. Ao colocarmos o canudinho na diagonal, contraventamos  a peça.

Este mesmo aprendizado é o que temos que fazer numa estrutura de  uma construção, buscar os triângulos,  ou seja, fixar a estrutura formando triângulos. Toda casa ou construção obedece a esta regra, em geral as paredes acabam contraventando as estruturas, mas quando se opta por construir com uma estrutura de madeiras feita antes, onde as paredes serão panos feitos depois, é importante obedecer a este princípio, formando os triângulos.

Voltando a nossa oficina, Jorge e Diego medem a madeira, fazem os entalhe para encaixar a tábua na diagonal, que irá contraventar os pilares e deixar a estrutura rígida. Esta tábua, depois de encaixada é pregada aos pilares.

Depois colocam a outra viga horizontal, de lado a lado da oficina, que será ponto de fixação para as paredes de barro.

Agora a mesma parede em outra perspectiva da foto inicial, com a estrutura pronta. Percebe-se claramente os triângulos formados na estrutura.


Anúncios

6 comentários sobre “Estrutura da oficina- contraventando os pilares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s