5 Comentários

PDC em MInas Gerais

No início do ano, na formação “PDC Medos e Desafios”, propusemos que mais permacultores experientes se sentissem encorajados e preparados para mediar um PDC com qualidade e seriedade. Entendemos isto como uma necessidade num país tão grande como o nosso. Mas sabemos a responsabilidade que é formar novos permacultores, assim nossa proposta é que as pessoas com anos de prática e experiências sérias em permacultura comecem a fazer este caminho de instrutores . Um dos percursos mais comuns para isto é que professores experientes, que já ministram PDCs acompanhem os mais jovens, que vão observando cursos, dando alguns blocos em conjunto, ou sob supervisão. Com esta proposta, demos alguns PDCs em 2011, como o de Cerrito, o da Meruoca CE, Campo Largo e agora o de Baependi  com a parceira Rosileli. Na foto abaixo Rosi mostrando para a moçada o uso do pé de galinha para fazer um canal de infiltração à nível.

Nosso último PDC de 2011 aconteceu em Baependi, Minas Gerais, organizado pela Rosileli, permacultora experiente, e que mais uma vez surpreendeu, bancando sozinha toda a organização deste curso na Estação de Permacultura Ybatimó,  e que teve a parceria da ONG Amanhágua . O curso foi um sucesso, com 27 inscritos  entre mineiros, paulistas e cariocas, um grupo animado, que aproveitou cada momento de convivência, estudo e aprendizado. Na foto abaixo, Jorge entrega a “chave do forninho de pizza” para que a dona da casa feche a obra.

Nos PDCs de 2011 trouxemos para o curso de permacultura a metodologia do trabalho com projetos de aprendizagem, que a Suzana trabalha na escola Autonomia há anos. Isto que resultou num curso mais dinâmico, com envolvimento surpreendente nos quatro grupos diferentes onde aplicamos esta proposta. Ressaltamos que isto não é um outro PDC, apenas uma metodologia diferenciada, que considera competências e uma postura ativa dos participantes.

Durante os 9 dias, aulas teóricas, seguindo os conteúdos propostos por Bill Mollison, mobilizaram a atenção do grupo.

Atividades práticas, relacionando teoria e prática,  dando significado aos conceitos discutidos.

Como construção do forno, círculo de bananeiras para tratamento de águas cinzas,

reboco natural sobre uma parede de adobe, tinta com baba de cacto, canais de infiltração, canteiros instantâneos, etc.

E atividade em grupo de fazer o Design de uma área proposta. Em Baependi o design era da área proposta para umcentro comunitário.

A chuva caia lá fora, uma turma fazia e servia a pizza, enquanto os grupos discutiam seus trabalhos de design noite a dentro.

Os trabalhos ficaram lindos e todos torcemos para que a área da antiga escolinha local se transforme mesmo num centro comunitário com propostas permaculturais.

Proposta defendida com grande entusiasmo e criatividade pelos novos permacultores…

Como avaliação nossa, além da alegria de ter mais 26 permacultores certificados, verificamos que houve uma unanimidade, nos 4 grupos com quem traballhamos neste modelo de PDC : é que consegui-se aprofundar vários temas, e , simultaneamente sentimos que curso fluiu com mais tranquilidade e alegria. Na foto abaixo, o grupo no encerramento do PDC de Baependi- onde tudo acontece!

Anúncios

5 comentários em “PDC em MInas Gerais

  1. Que maravilha.Jorge e Susana. Não vejo a hora de conhecê-los pessoalmente e fazer o curso de PDC.
    Abraços!

  2. Me sinto honrada por ter conhecido o Jorge e a Suzana, tudo q aprendi sobre Permacultura aprendi com eles…e aprendi mais que amizade é mesmo uma honra, ensinar e aprender são momentos únicos, ascendentes, que podem ser divertidos e produtivos…esse PDC é apenas a continuidade da nossa amizade dividida por todos que querem estar próximos!!!!O grupo foi maravilhoso, e a liga foi mesmo a amizade de todos!!Obrigada!!
    Até o ano q vem!!!
    rosileli

  3. Bem legal, parabens ao casal… muita coisa boa aconteceu em apenas 9 dias! Ahhh agora so falta a receita da pizza!!

  4. Olá queridos,

    Preciso do contato da Rosileli, se alguém tiver por favor, gostaria de entrar em contato com ela urgentemente.
    Se alguém a conhecer, por favor passe meu email: arqueirodobem@gmail.com

    Grato

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: