O sistema de ventilação da casa da Montanha

A Casa da Montanha segue, estamos na fase de acabamentos, o que vai nos deixando alegres e a cada dia temos novidades. A foto abaixo mostra a parte leste, com a carambola no primeiro plano e as madeiras para fazermos as aberturas estaleiradas na varanda.

IMG_1160

Optamos por colocar forro de madeira, para isto buscamos comprar madeira certificada, da região de SC. Entre as telhas de tetra pack e o forro temos um colchão de ar de 15cm de altura, este colchão chega, no alto do telhado ao sputnik, que por convecção, puxa o ar quente para cima, deixando a casa ventilada e fresca. Este sistema foi planejado construído entre telhas e forro, na altura dos caibros. No entanto, havia sempre como desafio a questão de como fazer para que este vão não se tornasse uma boa casa para animais, como aves, ratinhos, morcegos, etc. tanto por cima do telhado, como por baixo. Na foto abaixo, seu Zé colocando o forro, e mostrando o vão que fica entre forro e telhas.

IMG_1162

Na parte de cima das telhas, para preencher os espaços entre telhas e as cumeeiras de alumínio, colocamos uma massa de barro + serragem+ palha +cimento, este preenchimento bastante plástico mostrou-se resistente às chuvas. Na foto abaixo o sputink no alto do telhado e este detalhe de preenchimento, que previne tanto entrada de água como de pequenos animais.

IMG_1093

A idéia de colocar uma tela era o nosso melhor plano, e agora, chegou a hora de transformar os planos em realidade. Ao pesquisarmos as telas, vimos materiais de plástico e metal. Como plástico não é, em geral, nossa primeira opção, fomos ver as de metal. Achamos uma tela com espaçamento de 0,5mm que tinha boa maleabilidade, e poderia ser facilmente moldada.

Assim,  como mostra a foto abaixo, Jorge foi cortando os pedaços, que cobrirão os vãos de 18cm entre forro e telhas e ainda a parte dos vão das telhas, acompanhando as curvas das telhas. Esta peça foi sendo grampeda, em cada pedaço destes vãos.

IMG_1144

O trabalho é simples: medir, recortar e marcar as ondas para baixo. Ai faze-se a dobra a mão, no local mesmo e em seguida é grampeada a tela às madeiras.

IMG_1150

Depois do recorte, hora de colocar no lugar…

IMG_1152

O trabalho pronto fica  assim…

IMG_1116

Na foto abaixo a visão da varanda, podendo-se ver as telhas, a tela e já o fechamento da parte superior das paredes que é todo em madeira dupla (por dentro e por fora, o que também faz um colchão de ar de 18cm, que é largura das paredes de taipa… Esta parte das madeiras que fica só acima dos 2,1m do solo, não receberá chuvas, pelo beiral de 90cm. Mesmo assim, estas madeiras estão sendo tratadas com óleo de linhaça diluído à 50% com querosene e pintadas dos dois lados, antes da sua colocação.

IMG_1117

Anúncios

10 comentários sobre “O sistema de ventilação da casa da Montanha

  1. Dalhe meus amigos mestres!!!
    Muito se aprende com voces, sempre!!!
    Grande Abraço e até uma próxima troca de tecnologias sustentáveis.
    Rodrigo Primavera

  2. Olá amigos;
    Venho acompanhando o blog da casa da montanha a algum tempo buscando algumas informações para futuramente construir a minha casa utilizando principios permaculturais.Nesse post relacionado a ventilação não entendi o que são os colchões de ar de 15 cm de altura entre o forro e as telhas.De que que eles são feitos?Isso é facilmente encontrado em lojas de material de construção?Mesma dúvida em relação ao sputnik: Onde posso encontrar esse equipamentos?Desde já fico grato pelo espaço aberto aos interessados em aprender um pouco mais sobre a Permacultura.
    abraços

    • Oi, Evaldo
      O colchão de ar é simplesmente um espaço por onde o ar ventila- ou seja é um espaço entre telhas e forro, que fazem o isolamento… Ou seja, isola o quente do sol batendo no telhado do ar do interior da casa. O ar quente sobe, assim, ele sairá pela chaminé e entra pelas bordas…
      O sputnik é uma peça feita em qualquer lugar que faça coifas e chaminés para lareiras. Mandamos fazer na medida que era o nosso vão lá no alto do telhado…
      Bem, como vês, o colchão é grátis, basta deixar o espaço entre telhas e forro… Apenas o sputinik custou algo!

  3. Oi pessoal!
    Que morada barbara! sputinic, essa foi demais não conhecia só quando moleque, o que foi pro espaço.
    Estou tambem numa empreitada de barro, madeira, agua, capim, coco de animais e muita vontade. E, tenho uma duvida, não sei se vcs poderiam me ajudar. como faço pra unir o barro e a madeira pois quando o barro seca, ele distancia da madeira. como posso unir esse casal tão briguento?

    • Oi, Luiz
      Obrigado pela visita e pelo comentário…
      Bem vamos dizer que madeira é briguenta, com qualquer outro material- aliás, eles sempre brigam bastante, não é? Sejam convencionais ou não…
      Nas postagens que falam das técnicas construtivas há mais informações sobre tua pergunta… Mas vamos sintetizar:
      – respeitar SEMPRE a proporção entre areia (60-70%) e argila (40-30%).
      – estabilizar o mais possível a terra( no nosso caso 8% de cal, pois nosso solo era muito argiloso)…
      – a cada 50cm de parede subindo, um fio de arame farpado, prendendo o pano de barro À madeira dos pilares…
      Bem, acho que é isso!
      Até mais
      Suzana

  4. Estou enlouquecida querendo ler toda informação já postada no blog sobre a casa da montanha… cheguei aqui pesquisando sobre cimento queimado e então vi o belíssimo trabalho do sr. Jose. Artista dos bão! Uma vez que não tenho mão de obra especializada em minha cidade – pelo menos ninguem consegue indicar – gostaria de saber como conseguir profissionais do gabarito do sr. José e o valor pago pela mão de obra.
    Um grande abraço!
    Reginalice

  5. muito interessante o processo todo, achei ótimas as ideias e pretendo aplicar algumas delas à nossa casa em Atibaia.A propósito, será que o Luiz Saiti, do comentário feito em dezembro, é o mesmo Luiz Saiti, cartunista, que conheci aqui em Sampa?

    Se ele também estiver lendo este blog, quem sabe estaremos retomando uma velha amizade graças ao casa da montanha?

    abs
    Martha Corazza

    • MArtha
      Não conhecemos pessoalmente muitis dos visitantes deste blog, e este caso que você citou… Assim, não sei te dizer se é a mesma pessoa ou não! Mas ficaremos felizes se for o caso e se vocês retomarem o contato! só conta pra gente depois, certo?
      Um abraço
      Suzana

    • Oi marta! que coisa! sou eu mesmo! não acrerdito nesse encontro que surpresa!! só hoje julho de 2011 que resolvi olhar essa página e que surpresa!!! como é que pode isso , to chocado! bom. chega de espanto. Tô aqui em boituva comprei uma chacrinha de 1000 metros e levantei uma casinha de bosta de vaca, barro, capim e bambu e. rstou poraqui já faz uns 5 anos depois de ter rodado muito me fixei poraqui. Claro que de vx em quando ripo pra são paulo que onde fico na casa do Claudio ou dos meus filhos .Já estou com quase 60 anos veja vc Marta! .Bom enfim é isso ai.meu tel é 15 97582655. meu mail é esse.
      Marta um grande beijo pra ti e os seus. imail-me ou ligue.

  6. Nossa que coisa linda…eu tb gostaria de uma casa assim.
    O Luiz Saiti,está construindo uma casa bem ecológica,é um grande mestre também.
    Parabéns…
    Abços
    Sonia Novaes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s