2 Comentários

Julho, voluntários e a “quase porta”…

Depois de um longo período fora, em outras atividades, retomamos a obra da casa da montanha!

Tivemos uma semana de frio moderado, quase primaveril, acolhendo os voluntários, Révero, parceiro do Pronera e Daniel, o mineiro que chegou como voluntário e depois de 10 dias juntos viramos “amigos desde sempre”!

Em cada etapa da casa algo se aprende! Nesta semana trabalhamos na parede da porta de entrada da casa- uma porta comprada numa loja de demolições, de canela, duas folhas com janelinhas! A porta deverá ser restaurada mais tarde. Assim, nosso vão estava definido- 1m de largura.

A “novela das madeiras”.. Bom, quando se olha uma casa pronta, a gente tem a fantasia de que todas as madeiras são retas, perfeitas, e o que não é reto… não serve! Uma idéia quase infantil, não é! Mas ao se fazer a casa, a história é bem outra!

Na foto abaixo as vigas laterais da porta de entrada.

im004045.jpg

Bem, nossas vigas e caibros foram cortados de árvores de Eucalipto Citriodora, com mais de 30 anos! Uma madeira linda, pesada como ela só! MasEucalipto tem uma fibra bem especial, longa e “enroscada”… As vigas, estaleiradas há um ano já secaram. Madeira, dizem os antigos, deve ser cortada quando a seiva está no pé! Lua nova de meses ser R ( maio, junho, julho e agosto). As nossas foram cortadas numa lua nova de julho do ano passado, por isso tem suas formas definidas. Achar uma viga reta, sem barriga ou na forma de uma banana é coisa rara! Assim, temos que trabalhá-las e arrumá-las no local, na obra, na parede, antes de socar a terra. Para isso usamos caibros, tacos, alavancas, tirantes de arame puxando… uma ginástica!

Na foto abaixo, Revero e Jorge colocando as ripas “corretoras” na parte de baixo das paredes ao lado e da porta.

im004048.jpg

O início de cada parede é um trabalho lento, difícil, pois tem-se que colocar uma tábua no alto dos pilares, colocar as vigas laterais de janelas ou portas, ver o prumo, alinhar as madeiras… Isto leva tempo e é um trabalho essencial, pois dele dependa o quão “reta” e equilibrada ficará cada parede!

sujo-pp.jpg

Na foto acima Suzana e Jorge na porta da casa, já com o batente dfo alto da porta que ajudou a “aprumar” as madeiras:

Depois disto é preparar a terra e socar! Fizemos algumas experiências e o ponto de umidade é importante, assim como a mistura caprichada, o socar e socar, isto deixa a parede mais uniforme! Jorge trouxe outra boa dica do Bio contrução do Beira Serra em Botucatu: a primeira “passada” do socador deve ser bem suave, com a função de dar uma espalhada boa e uniforma na terra. Depois passa-se a socar com mais vigor!

Também observamos que nossos voluntários socam a terra muito bem… É o ânimo da moçada que chega!

Depois de 4 dias de trabalho, com estes dois amigos, saimos de Yvy Porã com uma das paredes ao lado da porta pronta e a do outro lado já começada.Nesta última foto Jorge e Daniel colocando a última forma de uma das paredes.

im004068.jpg

Anúncios

2 comentários em “Julho, voluntários e a “quase porta”…

  1. Êbaa!!!
    Já dá pra entrar pela porta entao! Hermosas paredes…
    Beijos!

  2. Uaaaaauuuu…
    que delicia…
    Sou uma mulher urbana, ex-moradora do Rio de Janeiro e que hoje experimenta, com seus pais e seus 2 filhos de 9 e 11 anos as delicias e agruras de morar no interior (eu e meus filhotes)e em um sitio (meus pais)…no ES, em são josé do calçado.
    Meu filho de 9 aninhos tem calinhos nas maos de capinar, e adubar organicamente falando o café e plantar aipim (mandioca).
    Vi uma materia sobre permacultura e me encantei, me encantei tbm pela casa de superadobe…mas agora me encantei por vossa casa…
    Depois de escapar de um “quase” cancer… precisei me afastar do meu trabalho,e pra nao pirar, aprender a fazer artesanato..pintura country em madeira, bonecas de pano, patchwork… e a possibilidade de construir uma casa, com as minhas maos me fascina… me encanta…
    mas, aí esbarro…rsrs em… como começo? e cmo projeto? como levanto? como termino? Meu pai nao acredita, mas tenho uma amiga e uma mae maravilhosa e duas criaturinhas que estao apostando suas fichas no meu sonho…e vcs aumentaram a chama que estava querendo se apagar….
    obrigada…
    Assim que minhas cabaças nascerem (porongos)gostaria de enviar um enfeite pra sua casa nova… posso??
    milhoes de beijos e muita energia…
    Denise (Bruxa Arteira)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: