23 Comentários

Super Adobe- os alicerces da oficina

No design da Casa da Montanha temos o projeto de uma oficina para o Jorge. Este espaço de 25m² já teve várias formas e várias possibilidades, como uma parabolóide, ou um king-ho, mas sempre pensamos em estruturas leves de bambu, e por não ter o compromisso de uma casa, também buscamos idéias para experimentar e ousar em técnicas como a cobertura de Calfetice.

Em julho de 2008, ao ministrarmos o PDC no Abaetetuba, RJ, conhecemos o Daniel Malaguti, designer, que no seu mestrado propõe a construção de Geodésicas de base quadradas. Temos claro que um dos papéis das geração mais velhas, pode ser o de ajudar a viabilizar projetos das gerações mais novas. Assim, a parceria com o Daniel surgiu, e o projeto nasceu. Para nós a construção de uma oficina diferente, para ele a realização de um projeto em escala real.

Na imagem abaixo  a maquete da oficina de Yvy Porã onde apareecem os usuários em escala. O projeto foi tema do mestrado e a realização da obra agora virou tema do doutorado do Daniel pela PUC- RJ.

maquete2

Bom, para fazer a oficina optamos por levantar o nível do piso, “tirando-a” do chão. Fizemos a retirada da terra que estava na casa e colocamos no local da oficina, isto nos possibilitou ter a terra para este alicerce exatamente no local do mesmo, o que facilita muito. Tendo terra, a idéia de um alicerce robusto e barato é a construção com super adobe.

Esta técnica, que virou “moda” quando se fala em Bio construção, é uma técnica simples de se executar, mas é, talvez a mais pesada de se fazer. Ela consiste em encher sacos  vazios com terra e ir compactando-os, socando com pilões. Sua origem tem como idéia a construção de trincheiras. Simples, mas usa muito material e ao começar a subir as paredes o peso da terra aparece!

Na foto abaixo Jorge e Diego conferindo as medidas dos alicereces cavados e colocando as linhas de gabarito que serão a referência para as paredes de super adobe.

gabarito

A “arte do bom ofício” traz que toda construção deve ter um alicerce, com a função de ser a base para o peso da estrutura toda da construção, isolando o piso da umidade e “prendendo” a obra ao chão. Assim, começamos fazendo o gabarito com a locação da obra, em seguida cavamos até chegar a uns 20cm ao chegar ao horizonte B (solo sem aterro).

Na foto abaixo o início do super adobe: colocando o primeiro saco de terra seguindo as linhas do gabarito da obra.

primeiro

Como estamos falando de uma contenção de aterro, não nivelamos o piso doas alicerces, pois o super adobe, irá acertando o nível camada a camada. Assim, vamos enchendo os sacos e colocando-os desencontrados, “travando” camada a camada. A cada fiada de sacos o pilão comprime a terra dentro do saco, dando a dureza da parede. Este apiloar é tanto a parte de cima como os lados. Na foto abaixo Jorge usando o pilão para esta tarefa, pode-se observar o quanto a compactação faz com que a altura diminua. Estima-se que com a compactação o volume diminua quase pela metade, já que o ar do meio do solo é retirado.

socando

Depois é seguir colocando sacos e socando. Entre cada duas fileiras colocamos dois fios de arame farpado, para segurar ainda melhor os sacos, como mostra a foto abaixo.

arame

Em muitos lugares ao se fazer esta técnica as pessoas compram a bobina de saco inteira, isto é, não são os sacos e sim uma grande “linguiça” que não tem emendas. Como todas as coisas, são opções… Nossa opção por sacos usados foi a questão gerada pelo uso de amterial plástico como base para uma bio-construção, pelo menos que seja o último do “R”: o do reciclado! Achamos um fornecedor numa loja de materiais de construção em Floripa, e o custo foi de R$0,50 por saco. Enchemos cada saco aproximadamente 2/3 do seu volume e dobramos a parte que sobra para baixo, assim, ao socar a terra não sairá, como motra a foto abaixo.

dobrasaco

Super adobe é um trabalho pesado, assim, como na maioria das vezes, um pequeno mutirão ajuda, pois quando um se cansa, outro pega fime… Assim a conversa e a brincadeira ajuda e o revezamento faz com que o pesado vire brincadeira! Na foto abaixo Alvaro, Jorge e Diego num destes momentos de revezamento.

enchesaco

Finalmente as camadas feitas vão dando a cara do muro! Pode-se observar como as camadas de saco vão acertando o nível do alicerce, pois na parte baixa temos 5 sacos e na parte mais alta apenas um…

muropronto

About these ads

23 comentários em “Super Adobe- os alicerces da oficina

  1. Ótimo é isso que venho procurando a algum tempo, tenho que construir uma casa num terreno que possuo em sto.Antônio do rio grande MG. e é um local de difícil acesso para levar material pesado. esta idéia eu já havia tido mais nunca vi uma casa com aliserce de saco até então eu só conhecia contenções para muros e pontes, desejo ver uma foto desta casa que mostra ai pronta se for possível me mande. abraço Alexandre!!

  2. Maravilhoso esse trabalho… Revolucionario com o que sempre tivemos!!!

  3. Gostaria de saber aonde encontrar a bobina tubular usada para construção em superadobe.

    Grato,
    Haiton F. Araújo
    Senhor do Bonfim (BA)

  4. Ola,,
    gostaria ver todas as fotos ,pois não consigo a foto de dobrar o saco,,e a a outras 3 .
    se puder mandar para meu e-mail,,seria gentileza sua.Obrigado e abraços

    • OLá…
      A sexta foto mostra o Diego dobrando o saco… Não tem segredo, é dobrar um saco: fechar , dobrar as “orelhas” como se fosse um envelope e depois colocar para baixo… O importante é que o peso da terra não deixe o saco se abrir ao ser socado. Por isso dizemos para só encher até uns 3/4 do saco…
      Experimente!

  5. Oi; Bom dia!

    Tenho pesquisado sobre esta técnica e a admiro muito, e fico feliz que ela já esteja no Brasil. Podem me enviar as fotos já prontas. pois não consegui ver nenhuma das fotos.
    Não abrem. E como fizeram a parte hidráulica e elétrica? Antes ou depois?
    Quantos cômodos a casa tem? Ela deve ocupar um espaço maior de construção, não é?
    É possível fazer uma visita pessoalmente?
    Ah? Existe o risco dos sacos rasgarem e a terra sair? Como é feito o reboco?

    Sei que são muitas perguntas, mas estou muito interessada mesmo.

    Obrigada,

    Márcia

    • Olá, Marcia
      Veja, que usamos a técnica do super-adobe apenas para os alicerces da oficina, como diz o post.. Portanto, não foi numa casa…
      Sugiro que sobre instalações elétricas e hidraulicas você navegue no blog e busque as postagens sobre este assunto…
      O super-adobe é uma técnica interessante , porém pesadíssima, e usa MUITA terra… Trabalhamos com outras técnicas usando terra, com menos esforço e qualidade muito boa como taipa socada, pau-a-pique e corwood…
      Como dizemos sempre: navegar é preciso…
      Um abraço
      Suzana

  6. Olá Yvypora. Estou muito interessado neste blog, porque quero construir minha própria casa e acho que encontrei a ajuda informativa no lugar certo , se estou enganado diga-me. Sou de Portugal e tenho um terreno rural e quero fazer uma casa para habitar e preocupava-me muito os alicerces, como se fazem alicerces de uma casa de adobe.Posso guiar-me por fazer este super adobe? Obrigado.

    • Olá
      Oa alicerces sugerimos SEMPRE usar pedras, pois é um material que impede a passagem de água. O super adobe , sendo solo, é poroso e a água passa, o que é terrível para qualquer parede. Esperamos que o blog da casa da montanha lhe seja útil. Um abraço

  7. Olá Yvypora!
    Muito lindo seu projeto!
    Tenho algumas dúvidas:
    Quantos Sacos foram utilizados no alicerce?
    Qual o tamanho do saco?
    E qual a metragem só do alicerce (Largura e Altura)?
    Desculpe as perguntas chatas e muito exatas, é porque assim posso calcular melhor o custo real de uma construção usando-se o Superadobe.
    Um abraço,
    Fernando

    • Fernando
      Os sacos são os de farinha de trigo conseguidos em um supermercado, usamos talvez uns 500 sacos.
      Os maiores “custos” da construção com super-adobe é a terra, pois usa-se muita, e a força, é uma construção pesada, que exige muita força.
      Assim, sempre sugerimos que se pense bem sobre esta técnica- não é a mais simples e de longe certamente a mais pesada! Há outras opções para se construir com terra bem melhores em muitos aspectos.
      Na postagem tem como se calcular quanto de terra se usa…
      Um abraço
      Suzana

  8. olá.
    moro em São Mateus, ES e vou construir minha casa de superadobe. Gostaria de saber se vc conhece alguma fábrica que vende a bobina pois quero construir minha casa com alguns contornos que seriam impossível com sacos individualizados.
    Agradeço desde já a atenção
    Demetrius de Oliveira

  9. Olá! Quero construir usando superasdobe, me encantou! Gostaria de saber como calcular a quantidade de terra, pois ñ conseguirei tirar toda ela do meu terreno! Agradeço!

    • Olá, Andrea
      A construção com super adobe é a mais pesada das técnicas construtivas com terra. Realmente é muita terra, muito, peso…
      Antes de começar, sugerimos que se pesquise bem outras técnicas como cob, adobe, taipa socada, pau a pique duplo, etc que tem as mesmas vantagens da construção com super adobe, e são MUITO mais leves e rápidas…
      Bem, mas a sua pergunta, vamos lá:
      medir o comprimento de TODAS as paredes X largura do saco x altura das paredes= metragem total das paredes.
      Para calcular a terra faça isto vezes
      dois , pois a terra quando compactada diminui seu volume pela metade.

      Exemplo, um cômodo de 4m x 5m:
      4 +4 + 5 +5 x 0,5 (largura do saco de farinha) x 2,30 (altura mínima) = 20,7 metros cúbicos de terra. Ou seja, são 5 caminhões caçamba cheios de terra! E que quem vai socar é você!

      Agora, imagina que baita volume é isto numa casa!!!!
      Por isso, dizemos que é de longe a mais pesada das técnicas …

  10. Bom dia a todos. Vou construir uma casa em superadobe. Minha grande dúvida é sobre o reboco interno e externo. Moro na cidade de Curitiba estado do paraná no sul do Brasil. O clima aqui: verão úmido e relativamente quente, e inverno úmido, razoável quantidade de chuvas e frio. Então, quero saber como seria a melhor forma de fazer o reboco interno e externo.
    Desde já agradeço muito.

    • Oi, Lindomar
      Para fazer os rebocos nós utilizamos terra que tenha a proporção de areia:argila de 70%:30%.
      Logo usamos alguns aditivos que estabilizam a argila e deixam a massa mais plástica.
      Para isso usamos:
      – serragem 1:4
      – esterco de vaca ou cavalo (fresco) 1:6
      – cal 1:10
      Quando o reboco é externo e não tem proteção conta a chuva usamos também 1:10 de cimento.
      Não tiramos o saco que fica exposto, tampouco o queimamos, é só rebocar por cima… ou melhor, é mais firme, cobrir com uma tela de passarinho fixada com grampos e logo rebocar.
      Bem todo isto esta no blog, é só visitar os temas de construção e reboco.
      Abraço.

  11. Essa técnica do super-adobe pode ser usada na construção de barragem para criação e peixe. Onde se compra o tubo plástico. Se puderem responder ficarei muito grato. Sou fã de Vocês. Um abraço.

    • Oi, Salvador
      Nas barragens se utiliza terra pura. em pequenas contenções pode-se usar superadobe.
      O material, os sacos, são de farinha reciclados nas padarias.
      Abraço
      Jorge

  12. Boa noite Yvy Porã,
    Meu noivo e eu adoramos o super adobe por ser de baixo custo e principalmente por ser sustentável, ecologicamente correto. Estamos precisando construir um muro de arrimo com cerca de 4 m de altura por 14 m. Essa técnica funcionará bem neste caso? Vimos em alguns sites que precisa misturar cimento nos primeiros para evitar umidade, no nosso caso o muro ficará em contato com a umidade da terra o tempo todo. É necessário fazer algo diferente ou apenas a terra é suficiente?
    Grata pela atenção,
    Juliana

    • Juliana
      O super adobe é uma técnica super pesada… Então vamos lá, algumas contas:
      Seu muro irá usar muita terra: altura x comprimento x largura do saco x 2 (pois a terra compactada diminui pelo menos pela metade o volume). Assim irás usar 4m x 14m x 0,4m x 2 = 44,8 metros cúbicos de terra. De onde virá esta terra? Isso é uma piscina de 5 por 9 e por um metro de profundidade.
      MAs temos outro problema: a esbeltez da sua parede… Sugerimos que converse com um engenheiro. Ela pode ser feita, mas é um muro estreito e alto. Uma possibilidade é faze-lo em S, assim se suporta melhor. MAs, repetimos: consulte um engenheiro!

  13. Olá! Pretendo construir utilizando essa técnica e estou fazendo os cálculos. Para calcular quantas fiadas terei que levantar e saber quanto vou gastar de sacos, Gostaria de saber qual é a altura de cada saco de terra.
    Obrigada
    .

    • Ivan
      Para o cálculo de quanta terra vais usar, tanto faz a altura dos sacos, o que importa é a altura da parede…
      Mais ou menos, o saco já socado fica com algo perto de 15cm, mas varia, já que não é um paralelepípedo rígido, e sim um caso que acaba moldado pela terra…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.055 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: