2 Comentários

Fechando a estrutura do telhado

Neste mês de março fechamos a estrutura do telhado, isto é, colocamos todos os caibros que vem desde o centro da casa e também as vigas laterais dos telhados noroeste e sudoeste, assim, praticamente amarramos a estrutura.

Na foto abaixo, Daniel posicionando a viga roliça que faz a linha sudoeste da casa. Esta viga fica no centro do pilar de alvenaria da lavanderia da casa.

danielcaibropilar

Os amigos, recém casados, Roberta e Daniel Malaguti vieram do Rio passar a Lua de Mel por aqui, e não podiam deixar de estar em Yvy Porã.  Daniel é um designer, bambuzeiro, que trabalha com estruturas de BOLHAS feitas de bambu. Um dos lugares onde ele está aplicando seus conhecimentos é na oficina do Jorge ao lado da casa da montanha, mas isto é notícia para mais para a frente!

Os meninos trabalharam no telhado, levantando a viga de pau roliço de eucalipto, que faz a terminação do telhado sudoeste da casa, e também prologaram o caibro, fechando o triângulo que estrutura esta parte do telhado. É um trabalho lento e que exige força, cuidado, pois tudo deve se encaixar, depois é preciso furar madeiras duras e longas e passar barras rosqueadas que fixam os encaixes! Na foto abaixo Zeca furando a viga roliça, o pilar e o suporte- tudo num único furo que receberá a barra…

zecafuradeira

Na foto abaixo, Zeca, Daniel e Jorge colocando o caibro que irá prolongar o que vem do centro, fazendo um ângulo com a viga roliça e assim, imobilizando este triângulo do telhado.

zedanijojocaibro

Enquanto os moços trabalhavam no telhado, Roberta e Suzana plantavam, no entorno da casa, algumas mudas trazidas de Veranópolis, RS.  Além de um abacateiro, plantamos uma bananeira no círculo de bananeiras e uma palma chamada TUNA.

Na foto abaixo Robertinha e Suzana plantando a quarta bananeira do círculo.

suberta

A quarta bananeira plantada no nosso círculo é uma planta ornamental, que dá uma linda flor rosa e pequenas bananas com sementes- sim, sementes…

robertinhabanana

Já a palma é um cato que aguenta baixas temperaturas e que dá um fruto chamdo TUNA ou Figo da Índia. Como nosso solo é muito argiloso e a Tuna gosta de solos mais secos, criamos um berço de pedras, britas, areia e terra, para que a água drene rapidamente e a planta coloque suas raizes, pelo menos inicialmente, em um ambiente mais próximo do seu original. Na foto abaixo a tuna plantada.

tuna

About these ads

2 comentários em “Fechando a estrutura do telhado

  1. Boa noite,

    gostaria de saber se voces aceitam voluntarios enquanto faço o PDC com voces.

    Obrigado

    Laura

    • Laura
      Para estagiários costumamos trocar muitos e-mails antes, para conhecer a pessoa… Este PDC será diferente e não temos ainda a programação das semanas nos intervalos deste curso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.983 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: